Nem sei o que chamar a esta delícia. Se pudim, triffle (por ter três camadas) ou cheesecake (por levar queijo) e, por isso, optei por lhe chamar delícia de ananás. Que nome lhe dariam?

Cozinha

Não posso esquecer-me
da distância que ia
da mesa redonda
à gaveta dos talheres;

do que a luz da hora do almoço fazia
com o azul-escuro dos armários,
com a barra que já tinha sido branca;

das dedadas nos copos de vidro,
amarelos,
tão pouca a convicção no detergente,
no esfregão,
nas luvas de borracha,
de todas as mulheres que os lavaram;

das gotas que entravam
por dentro das camisolas
e nos gelavam enquanto desciam
os braços esticados para a grade
(onde esquecíamos a loiça
depois da chuva lenta).

Margarida Ferra
in Curso Intensivo de Jardinagem,
&etc, Maio de 2010, Lisboa.

Ingredientes:
1 embalagem de pudim Boca Doce de ananás
500 g de leite
100 g de açúcar amarelo

250 g de iogurte de ananás
250 g de queijo quark
200 g de crème fraîche
150 g de ananás (em calda) cortado em pedaços pequenos

Preparação Thermomix-Bimby:
Colocar no copo a embalagem de pudim, o leite e o açúcar amarelo e programar 12 min/ 90º/ vel 2 ½.
Verter para o recipiente de servir e deixar arrefecer completamente durante cerca de uma hora.
No copo limpo, colocar os restantes ingredientes, à excepção do ananás, e misturar 30 seg/ vel 3.
Deitar por cima do pudim solidificado e decorar com o ananás.
Levar ao frigorífico cerca de quatro horas para solidificar.
Servir frio.

tempo de preparação: 5h
dificuldade: **
vegetariano: sim
para crianças: sim
ingrediente principal: leite


Siga-me aqui:

Anúncios